5 motivos pelos quais todo empreendedor e empresário iniciante deveria procurar uma assessoria jurídica

Quando iniciamos no mundo do empreendedorismo priorizamos alguns assuntos, que consideramos importantes, como buscar investidores, conquistar clientes, deixando de lado assuntos como a assessoria jurídica, por exemplo.

Alguns empreendedores e empresários iniciantes tem dúvidas quanto a necessidade de consultar um advogado ou ter um advogado/assessoria jurídica para orientação continua em sua empresa.

O post de hoje traz 5 motivos para os empreendedores e empresários iniciantes procurarem uma assessoria jurídica.

1. O desenvolvimento da empresa

Antes mesmo de abrir o seu negócio você precisa consultar um advogado para conhecer as implicações jurídicas do seu negócio (escolha do regime tributário, planejamento tributário, elaboração do contrato social, marca, são alguns dos atos que o advogado realizará para você).

O acompanhamento contínuo de um advogado no processo de crescimento da empresa, facilitará a solução das dúvidas jurídicas e novas providencias que surgirem.

2. Os contratos

Os contratos são a garantia de cumprimento do acordo comercial firmado com fornecedores, prestadores de serviços e clientes, e devem ser elaborados por um advogado, que dará a devida atenção ao que deve constar em cada contrato observando caso a caso.

Deixar de cuidar dos contratos pode gerar prejuízos irreparáveis a empresa.

3. Prioridades jurídicas

O advogado definirá, junto com você, as prioridades jurídicas a serem seguidas pelos próximos meses pela sua empresa.

Desde a primeira conversa com o advogado o empreendedor deve discutir os principais pontos de sua empresa, atividades que realizará, plano de negócios, expansão, sócios, funcionários, prestadores de serviços, forma de relacionamento com os clientes, investimentos, marketing, localização da empresa, marca etc.

4. Tenha o advogado como um amigo

Procure um advogado de sua confiança e apresente suas ideias assim que decidir abrir um negócio.

A conversa deve ser clara e objetiva, garantindo segurança na relação. O empreendedor deve estar ciente dos passos que precisa dar para o crescimento de seu negócio.

advogado precisa conhecer o seu negócio para poder apresentar as soluções jurídicas adequadas no momento certo.

5. Evite perder dinheiro

Deixar e lado providencias jurídicas essenciais como, por exemplo: elaboração do contrato social, contratos com fornecedores e clientes, regularização de funcionários, pode causar grandes prejuízos financeiros.

E, como diz o ditado: “o barato sai caro”.

A assessoria jurídica constante pode ser vista como uma medida preventiva e forma de planejamento para as mudanças da empresa, pois demonstra o cuidado do empresário com seu negócio.

É ideal que a relação advogado-empreendedor/empresário seja constante, a fim de auxiliar nos novos desafios que surgiram com o crescimento da empresa.

Para os empreendedores iniciantes, geralmente com orçamento baixo, é importante ter bem definido as prioridades jurídicas com seu advogado, a fim de garantir o crescimento saudável do seu negócio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s